livros1


Eficiência no estudo

A forma como os alunos usam o tempo de estudo nem sempre é a mais eficiente. Apesar das particularidades inerentes a cada pessoa, há comportamentos que claramente podem facilitar a aprendizagem e conduzir a melhores resultados escolares. Na imagem acima publicada distinguem-se alguns hábitos mais comuns e destacam-se, pela negativa, dois que são normalmente pouco eficientes e, pior ainda, pouco duradouros. Com efeito, o resumo de matérias e a leitura exaustivamente repetida não são formas eficientes de estudo. Podem, sem dúvida, ser um razoável ponto de partida para a preparação de certas matérias, mas não são suficentes para o domínio efetivo e conexo que se deseja. 

A interrogação elaborativa baseia-se na capacidade de conseguir explicar com clareza as matérias estudadas. Assim, após algum tempo, o aluno deve ser capaz de expor os fundamentos teóricos adquiridos a outra pessoa. Esta é uma boa opção para o estudo em conjunto com colegas, mas, ainda assim, insuficiente...

Apenas com a realização de testes práticos de autoavaliação e com um estudo atempado, bem alicerçado num credível conhecimento teórico, se podem conseguir resultados melhores. Com efeito, nenhuma forma de estudo é mais eficiente. Assim, neste Centro de explicações, incentivamos os nossos alunos a um estudo autónomo complementar, não só através das fichas de trabalho publicadas neste portal, mas também do muito material de estudo que semanalmente é distribuido pelos alunos. Muita prática e estudo atempado são apostas com retorno garantido...

Bom trabalho.

 

Ferdinand Marques

 

Roosevelt

Theodore Roosevelt (1858-1919) foi o 26º Presidente dos Estados Unidos da América de 1901 a 1909. Além de estadista foi também historiador, naturalista e escritor. Membro do partido republicano, tal como o atual e controverso Presidente eleito Donald Trump, foi sucessivamente chefe da polícia de Nova Iorque, adjunto do secretário da Marinha, soldado na guerra Hispano-americana e governador de Nova Iorque. Foi o primeiro e, até agora, o único Presidente dos Estados Unidos a ser condecorado com a maior honra militar da América, e a única pessoa na História a receber a maior honra por valor militar e o maior prémio pela paz quando, em 1906, lhe foi atribuído este Prémio Nobel. O seu rosto está esculpido no famoso Monte Rushmore ao lado de outros três presidentes americanos: George Washington, Thomas Jefferson e Abraham Lincoln.

Recordo-o aqui pelo contraste com o atual presidente americano, o intrigante milionário Donald Trump, e pela inspiração de alguns dos seus exemplos. As frases que escolhi, entre muitas outras que igualmente mostram o seu caráter especial, pretendem ser um impulso de reflexão para a postura que todas as pessoas, e alunos em particular, deveriam adotar na conduta diária e, em particular, nos momentos de maior desgosto.

Ferdinand Marques

“O único homem que nunca comete erros é aquele que nunca faz coisa alguma. Não tenha medo de errar, pois você aprenderá a não cometer duas vezes o mesmo erro”  

“Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter”

“A morte é sempre e em todas as circunstâncias uma tragédia, pois, se não o é, quer dizer que a própria vida passou a ser uma tragédia”

Theodore Roosevelt

(a partir de: wikipédia e pensador.uol.com.br)

 

Pascal pdn

Blaise Pascal nasceu em França em 1623. Foi decisivo na criação de dois novos ramos da matemática: a teoria das probablilidades (com destaque para o Triângulo de Pascal estudado no 12º ano) e a geometria projetiva. Na física destacou-se na mecânica dos fluidos e esclareceu os conceitos de pressão e vácuo. 

Foi Pascal que inventou uma das primeiras calculadoras mecânicas, a Pascaline, na tentativa de aliviar o trabalho do pai que era agente fiscal.

Com apenas 17 anos, em 1640, publicou a obra "Essay pour les coniques", onde está formulado o famoso Teorema de Pascal.

Em sua honra, o nome Pascal foi dado à unidade SI (sistema internacional) de pressão, a uma linguagem de programação informática, a um importante princípio de hidroestática (Lei de Pascal) e ao já referido Triângulo estudado na disciplina de matemática do 12º ano.

O cálculo diferencial e integral de Newton e Leibniz foi inspirado nos trabalhos de Blaise Pascal que, entre outros interesses, como a filosofia e a teologia, desenvolveu estudos profundos no cálculo infinitesimal e nas sequências.

A sua frase mais famosa é: "O coração tem razões que a própria razão desconhece".

(a partir de: Wikipédia)

confúcio

Confúcio foi um pensador e filósofo chinês, do século VI a.c., que sublinhava a moralidade, a sinceridade, a justiça e os corretos procedimentos nas relações sociais. Os seus pensamentos foram desenvolvidos num sistema filosófico conhecido por Confucionismo.

Os seus princípios tinham base nas tradições e crenças chinesas. Defendia uma lealdade familiar forte, respeito aos idosos e crianças, e uma ética exemplar. Expressou o conhecido princípio "não faças aos outros o que não queres que te façam a ti", uma das versões mais antigas da ética da reciprocidade...


...

início 3

 

Ler :

Corresponde a 10 % de informação assimilada. O uso exclusivo de livros didácticos não é suficiente para garantir uma aprendizagem efectiva.

 Ouvir :

 Corresponde a 20 % de  informação assimilada.  Os alunos acabam por  esquecer a maior parte  do que ouvem nas  aulas.

Falar :

Corresponde a 70 % de informação assimilada. Na verdade, falar sobre um tema ou uma matéria escolar incentiva o aluno e reforça a aprendizagem.

Fazer :

Corresponde a 90 % de informação assimilada. Quando os próprios alunos se tornam activos, fazendo experiências ou resolvendo problemas, a aprendizagem é maior.

 

Conclusão: Não chega ler apontamentos ou ver exercícios resolvidos. É fundamental fazer exercícios, fazer resumos e esquemas, resolver problemas... Assim a informação assimilada será muito maior.

Bom trabalho!